A Medicina Intervencionista no tratamento de tumores

quimioembolização hepática de metástases

As duas fotos à direita nesta publicação mostram o antes e o depois de uma parte do fígado de um paciente, com o desaparecimento da nutrição dos tumores (manchas mais escuras) após a realização de um procedimento minimamente invasivo chamado quimioembolização de metástases hepáticas.

Por não estar obtendo benefício com o tratamento convencional por quimioterapia, foi realizada a quimioembolização de metástases hepáticas de um tumor originário do pulmão. Esse procedimento objetiva impedir a chegada de sangue nos tumores além de realizar uma quimioterapia localizada, apenas no fígado, sem os conhecidos efeitos colaterais de uma quimioterapia convencional.

O procedimento é realizado por meio de uma pequena punção na virilha, sem a necessidade de cortes cirúrgicos.  O paciente recebe alta seis horas após o procedimento, podendo voltar à rotina normal no dia seguinte.

Confira mais sobre quimioembolização e outros tratamentos minimamente invasivos no Dica Médica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

2 + treze =