O que é neurólise dos nervos esplâncnicos

NEUROLISE ESPLANCNICO3

Os procedimentos da Medicina Intervencionista são muito eficazes para o tratamento de dores provocadas pelo câncer. Em casos de tumores no pâncreas, fígado e rins, entre outros órgãos, uma intensa dor pode aparecer na região alta do abdômen. A boa notícia é que é possível acabar com esse desconforto de diferentes formas, entre elas a neurólise nos nervos esplâncnicos.

Como é feita a neurólise nos nervos esplâncnicos

Apenas com a utilização de agulhas, sem a necessidade de cortes ou de uma cirurgia aberta, o médico intervencionista consegue desabilitar este nervo, que é o encarregado de transmitir a sensação de dor ao cérebro.

A neurólise pode ser feita por meio de estímulos eletromagnéticos (ablação por radiofrequência), pela injeção de substâncias neurolíticas (ablação química), ou ainda pela junção das duas técnicas.

O procedimento é realizado em uma sala especial (sala de hemodinâmica), onde o médico consegue monitorar o trajeto das agulhas em tempo real, e dura entre 1h e 2h. Por ser uma técnica minimamente invasiva e indolor, realizada com o paciente sob anestesia, geralmente não é necessária internação.

Para saber mais sobre procedimentos minimente invasivos confira o site do Dica Médica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quatro × quatro =