Rara, mas perigosa! Saiba mais sobre a malformação arteriovenosa (MAV)

malformação arteriovenosa

A malformação arteriovenosa (MAV) é uma anomalia originada por uma falha nas conexões entre artérias e veias, formando um emaranhado de vasos. Isso faz com que vasos mais frágeis recebam mais sangue do que estão preparados, causando o risco de rompimento.

Causa e sintomas

A MAV pode aparecer em qualquer lugar do corpo, mas sua maior incidência é no sistema nervoso central (cérebro e medula espinhal). Ela pode ser a causa de sangramentos, convulsões, dores de cabeça intensas e levar ao acidente vascular cerebral (AVC), quando há o rompimento de um destes vasos. Quando há sangramento, a taxa de mortalidade é superior a 10%.

Pessoas acometidas pelas MAVs nascem com essa anomalia, mas podem passar uma vida inteira sem que o problema se manifeste. Os sintomas costumam surgir a partir dos 20 anos de idade.

Diagnóstico

Quando os sintomas apresentados indicam a suspeita de MAV em um paciente, o quadro poderá ser confirmado por meio de tomografia computadorizada e ressonância magnética. A angiografia digital é o padrão ouro para o diagnóstico de uma MAV.

Tratamento

A embolização de uma MAV é um procedimento da Medicina Intervencionista que apresenta bons resultados para o tratamento desta anomalia. Por meio de um pequeno furo na região do punho ou da virilha, um cateter é inserido e guiado, com imagens em tempo real, até o ponto exato da alteração. Lá será injetada uma substância para interromper essa comunicação anormal dos vasos.

O tratamento endovascular também pode ser aplicado de forma preventiva, para evitar que ocorram sangramentos e outros sintomas em pessoas com MAVs.

A decisão por este tratamento, que é altamente complexo, deve ser feito preferencialmente com a ajuda de uma equipe multidisciplinar, formada pelo Radiologista Intervencionista em conjunto com o médico Neurologista e o Neurocirurgião. Juntos, eles poderão indicar a melhor alternativa de tratamento.

Medicina Intervencionista

A Íntegra Medicina Intervencionista conta com profissionais qualificados para este e outros tipos de procedimentos. Entre em contato conosco e agende a sua consulta!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

17 − 8 =