Biópsia na coluna: como é feita e principais diagnósticos

A biópsia na coluna vertebral é um importante procedimento para diagnóstico de diversas doenças. Ela é realizada de forma minimamente invasiva, é indolor e possibilita que o paciente volte para casa no mesmo dia.

Os principais diagnósticos de uma biópsia na coluna vertebral são de espondilodiscite (infecção na coluna), tumores originários na coluna, metástases, mieloma múltiplo e fraturas sem causas aparentes.

O procedimento é realizado com o auxílio de uma agulha percutânea, guiada até o ponto exato na coluna pelo Médico Intervencionista, que acompanha o seu trajeto por imagens de tomografia em tempo real.

O tecido coletado é armazenado em um recipiente específico, que será encaminhado para análise laboratorial.

Saiba mais sobre os procedimentos minimamente invasivos realizados em nosso site.

Veja mais detalhes do procedimento

A agulha da biópsia na coluna é inserida por meio de um pequeno furo
A agulha da biópsia na coluna é inserida por meio de um pequeno furo
O trajeto da agulha é guiado por imagens de tomografia em tempo real

Esclareça suas dúvidas ou agende uma consulta com um médico especialista

Uma resposta

  1. Fiz uma ressonância e nela apareceu uma pequena fratura. Sendo que não caí. A única coisa que aconteceu foi que bati o carro. Mas nada demais. Encostei em outro carro andando. O médico solicitou biópsia da coluna. Estou super nervosa. Qdo se fala em biópsia já vem um medo intenso. Quais doenças que não sejam câncer atingem a coluna lombar pra fratura.Minha desentometria não está tão ruim a esse nível.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esclareça suas dúvidas ou agende uma consulta com um médico especialista

Favor preencher os seus dados