Conheça as técnicas de tratamento de nódulos na tireoide

É comum que o paciente fique preocupado após receber o diagnóstico de um nódulo na tireoide, mas saiba que essa é uma condição comum e na maioria das vezes benigna. Apenas 5% dos casos são malignos. Apesar da baixa porcentagem, todo nódulo deve ser acompanhado, pois caso necessário, deve ser feito o tratamento adequado o quanto antes. Antes de entendermos melhor as técnicas de tratamento de nódulos na tireoide, primeiro vamos nos familiarizar com essa famosa glândula. 

 

O que é tireoide e qual sua função? 

 tratamento de nódulos na tireoideA tireoide é uma glândula endócrina localizada na base do pescoço, conhecida por ter uma forma semelhante com a de uma borboleta. É responsável por produzir hormônios (triiodotironina e tiroxina) importantes para o funcionamento e equilíbrio do nosso organismo. 

O descontrole desses hormônios podem provocar diversas alterações no corpo, como o ganho ou perda de peso de maneira acentuada, entre outros distúrbios.

É muito comum que nódulos ou cistos se desenvolvam nessa glândula, seja por disfunção hormonal, inflamação da tireoide, histórico familiar ou outras causas desconhecidas. De acordo com a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, estima-se que 60% da população brasileira apresenta nódulos ou cistos na tireoide em algum momento da vida, porém a grande maioria é benigna e não apresenta riscos para a saúde.

No entanto, em alguns, eles podem se tornar cancerosos. Os sintomas geralmente só aparecem em quadros já avançados, podendo apresentar certo volume no pescoço e dificuldade para engolir. Portanto, é importante que o monitoramento do crescimento e as características dessas formações por meio de exames de imagem, como a ultrassonografia (US), sejam mantidos. 

 

Quando o nódulo pode ser perigoso?

tratamento de nódulos na tireoideA preocupação deve surgir quando o nódulo apresenta crescimento rápido, causa dor ou desconforto e apresenta características que podem sugerir câncer.Nesses casos, o médico pode solicitar uma biópsia para confirmar ou descartar a presença de células cancerígenas.

Com o diagnóstico exato é possível determinar a melhor abordagem. Felizmente hoje podemos contar com diferentes tipos de tratamento de nódulos na tireoide, entre eles a cirurgia e a ablação por radiofrequência. Continue acompanhando para entender cada uma das técnicas. 

 

Tratamentos para nódulo na tireoide 

Uma das opções mais comuns de tratamento de nódulos na tireoide, sobretudo quando a biópsia sugere malignidade, é a cirurgia convencional, chamada de tireoidectomia – um procedimento invasivo que consiste na remoção de parte da glândula (tireoidectomia parcial) ou de toda a tireóide (tireoidectomia total). 

A ablação, por outro lado, é um procedimento minimamente invasivo e eficaz que pode ser feito por meio ablação por radiofrequência (RF).

A ablação por radiofrequência é indicada para nódulos ou cistos maiores ou mais complexos: o médico utiliza uma agulha com eletrodo para emitir ondas de radiofrequência no interior do nódulo ou cisto. Essa energia causa uma elevação de temperatura no tecido do nódulo, causando sua destruição e redução de tamanho. 

A técnica é realizada sob anestesia local e guiadas por exames de imagem para maior segurança do paciente. Confira o vídeo e entenda melhor:

A escolha do tratamento de nódulos na tireoide mais adequado dependerá do tamanho e características desse nódulo, além da preferência e avaliação médica de cada caso, prezando sempre pela segurança e qualidade de vida do paciente.

Conheça também nossa página que explica tudo sobre ablação

Se você quer saber mais sobre os procedimentos disponíveis pela medicina intervencionista, continue acompanhando o Portal Dica Médica para mais conteúdos, além de encontrar médicos especialistas próximos de você. Você também pode clicar aqui e preencher um rápido cadastro para solicitar um atendimento. Continue acompanhando o Portal Dica Médica também pelo Instagram e Facebook. Conte com a gente!

Esclareça suas dúvidas ou agende uma consulta com um médico especialista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esclareça suas dúvidas ou agende uma consulta com um médico especialista

Favor preencher os seus dados