Biópsia da Próstata

A biópsia de próstata (biópsia prostática) é um procedimento geralmente indicado quando o médico Urologista identifica alguma alteração no exame de toque ou em exame de sangue (PSA). Atualmente há uma tendência de que todo paciente com suspeita de neoplasia de próstata realize uma Ressonância Magnética. Esse exame tem sido muito utilizado para identificar possíveis áreas de maior risco de neoplasia e auxiliam o médico Radiologista Intervencionista a realizar a biópsia nos locais suspeitos.

Como é realizada a biópsia de próstata?

O procedimento é realizado em um centro-cirúrgico e na presença de um médico Anestesista que realizará uma sedação. Os pacientes dormem por um período de cerca de 30 minutos e não sentem nenhuma dor ou desconforto durante o procedimento. O médico Radiologista Intervencionista realiza uma ultrassonografia da próstata e das glândulas seminais e, em seguida, coleta múltiplos pequenos fragmentos da próstata, especialmente da área de suspeição indicada pela ressonância magnética. Todos os fragmentos são enviados para análise de um médico Patologista.


A equipe da Íntegra indica que a biópsia seja feita em um hospital-dia, onde os pacientes ficam em observação com monitorização de enfermagem e apoio médico por um período de 2 horas após o procedimento. Após esse período os pacientes recebem alta e podem voltar às atividades habituais no dia seguinte.

Existem riscos relacionados a este tipo de procedimento?

Todo procedimento médico contempla alguns riscos. Entretanto, os métodos intervencionistas são aqueles que apresentam os menores índices de complicações.

De modo geral, as complicações neste tipo de procedimento não são frequentes e, quando presentes, costumam ser leves, como por exemplo desconforto anal nas primeiras evacuações pós-procedimento e pequenos sangramentos na urina, fezes e esperma por 1-2 dias. Complicações mais graves podem ocorrer, como infecção (bacteremia e sepse), entretanto os médicos do Dica Médica tomam todo o cuidado para a prevenção destas possíveis complicações, realizando os procedimento sempre em ambiente seguro, com técnicas reconhecidas por literaturas científicas.