Neuralgia do trigêmeo, a pior dor que existe

Neuralgia do Trigêmeo

Em uma escala de 0 a 10 de intensidade de dor, quem sofre com a neuralgia do trigêmeo costuma indicar o grau 10 para descrever o que sente. Por causa disso, essa é apontada como uma das piores dores que um ser humano pode sentir. Atos simples como sorrir, pentear os cabelos, mastigar e escovar os dentes se tornam sessões de tortura para quem convive com isso.

Mas o que é a neuralgia do trigêmeo e como a Medicina Intervencionista pode solucionar o problema com métodos minimamente invasivos?

O que é a neuralgia do trigêmeo?

O trigêmeo é o nervo responsável, principalmente, pela sensibilidade da face. Geralmente por causa de um vaso sanguíneo mal posicionado, o nervo é comprimido, causando um grande incômodo no paciente. A descrição mais comum é de uma dor facial intensa, forte e aguda. Na maioria dos casos, em apenas um lado do rosto e por poucos segundos. Com o passar do tempo, as crises são mais frequentes e duram mais tempo.

Como tratar a neuralgia do trigêmeo?

Depois do diagnóstico, que pode ser feito clinicamente com a análise dos sintomas e o exame físico, o tratamento é feito inicialmente com o uso de medicação. Quando ela é inefetiva ou gera muitos efeitos colaterais, o paciente pode optar pelos tratamentos intervencionistas, como a descompressão do nervo trigêmeo por balão, neuromodulação ou ablação por radiofrequência. Estes procedimentos são realizados sob sedação ou anestesia geral, mas sem a necessidade de internação.

Curiosidade

A taxa de incidência anual é de cerca de 4 em 100.000 na população geral. É um problema de saúde que acomete mais os idosos, sendo que entre o sexo feminino também há maior frequências de relatos.

Conte com a gente

Acesso o site do Dica Médica para saber mais sobre procedimentos minimente invasivos e médicos especialistas indicados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

oito − 4 =