Alcoolização de cisto hepático – Esclerose de cisto no fígado

alcoolização de cisto hepático

A alcoolização de cisto hepático é tratamento fundamental nos casos sintomáticos!

Sabe-se que os cistos hepáticos estão presentes em até 20% da população adulta no Brasil. Geralmente os cistos são assintomáticos, mas quando crescem demais podem causar sintomas como dor abdominal, vômitos, náusea, sensação de saciedade, queimação ou então comprimir estruturas importantes adjacentes. Também podem causar hemorragias e infecções.

O principal tratamento para cistos no fígado que sejam grandes e que possam estar causando sintomas é a escleroterapia, também chamada de esclerose ou de alcoolização.

A alcoolização de cisto hepático é um procedimento minimamente invasivo realizado com anestesia local. Por meio de um pequeno catéter é drenado o líquido da bolha e injetado álcool, que tem a função de cauterizar a parede do cisto e impedir a produção de mais líquido.

Nessa foto é possível verificar um cisto (uma bolha de líquido que aparece no fígado) com volume de 900 mL e que comprimia a via biliar. Um médico radiologista intervencionista realizou a alcoolização guiado por ultrassonografia. Seis meses depois o novo exame apresentou a redução de 93% do volume original do cisto. O paciente recebe alta no mesmo dia após algumas horas de observação.

Gostou do assunto? Acesse o site da Dica Médica para saber mais sobre a alcoolização de cisto hepático ou outros procedimentos minimamente invasivos.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

13 + vinte =