PRÓSTATA AUMENTADA - CUIDADOS E TRATAMENTOS

Artigo escrito e revisado por: Portal Dica Médica – Médicos Radiologistas Intervencionistas
Publicado em: 02/05/2022 às 15h00

Tempo de leitura: 7 min

Breve descrição: A próstata aumentada traz muitos desconfortos e inconveniências ao paciente, porém hoje é possível diagnosticar esta condição com certa facilidade e existem bons tratamentos para melhorar os sintomas.

Resumo do Artigo: 

VOCÊ TEM A PRÓSTATA AUMENTADA?

Você descobriu que está com a próstata aumentada? Não se preocupe: a chamada “Hiperplasia Prostática Benigna (HPB)” é uma doença que afeta exclusivamente os homens e está ligada ao aumento do tamanho da próstata, mas não é cancerosa. Seu aparecimento ocorre devido ao envelhecimento natural.

Existem dois principais períodos em que a próstata passa por crescimento na vida do homem. O primeiro é no começo da puberdade, quando essa glândula tem o seu tamanho duplicado. A segunda fase é a partir dos 25 anos, continuando com o avançar da idade. A HPB ocorre nesta segunda fase.

O crescimento da próstata, que é uma glândula do tamanho de uma noz em sua dimensão natural (entre 15 e 25 gramas), pode causar diversos sintomas por causa da compressão do canal da uretra e da parede da bexiga, ocasionando o estreitamento do canal por onde passa a urina e a retenção urinária.

O tamanho da próstata grande não determina a gravidade da doença. Enquanto alguns pacientes podem ter a próstata pouco aumentada e apresentar sintomas mais graves, outros podem ter a próstata com volume maior e poucos sintomas de HPB.

Pacientes com HPB sem receber um tratamento adequado podem cursar com complicações para a sua saúde, se tornando um problema ainda maior. Uma complicação bastante comum é a infecção urinária, ocasionada pela retenção da urina na bexiga, que permite a proliferação de bactérias. Além disso, a HPB pode causar outros danos à bexiga e aos rins, chegando a provocar a insuficiência renal e incontinência urinária.

QUAIS OS SINTOMAS DE PRÓSTATA AUMENTADA (HPB)?

Caso você ainda não tenha sido diagnosticado por um médico e por exames, atente-se aos principais sintomas da hiperplasia prostática benigna, que estão ligados ao estreitamento do canal urinário, devido à pressão que o crescimento da próstata causa sobre a uretra. 

  • Urinar muitas vezes ao dia em pequenas quantidades (polaciúria)
  • Urinar muitas vezes durante a noite (nictúria)
  • Dificuldade para reter a urina (urgência miccional)
  • Dificuldade para começar a urinar (hesitação)
  • Jato de urina fraco ou com interrupções
  • Perda de urina (incontinência urinária)
  • Sensação de esvaziamento incompleto da bexiga.
 
O diagnóstico da HPB costuma ser feito através do toque retal ou exames de imagem (ultrassonografia ou ressonância magnética). Você pode clicar aqui para acessar um formulário e avaliar a gravidade dos seus sintomas e se há indicação de realizar um tratamento para a sua HPB.
 
embolização incontinência urinária

QUAIS OS TRATAMENTOS PARA A PRÓSTATA AUMENTADA?

Para aliviar ou até mesmo eliminar os sintomas causados pela HPB, listamos abaixo as quatro principais modalidades de tratamentos disponíveis:

Medicamentos:

Em casos de sintomas leves a moderados, o seu médico pode indicar medicamentos que terão a função de diminuir o tamanho da próstata e impedir o seu crescimento. Os medicamentos mais comumente indicados são os alfa-bloqueadores e os inibidores da enzima-5-alfa-redutase. Em alguns casos, quando apenas uma das opções não surte o efeito desejado, a combinação de diferentes medicações pode ser recomendada pelo especialista.

Métodos endouretrais:

Em casos mais graves, quando o tratamento por medicamentos não apresenta melhoras significativas nos sintomas, existem métodos de ressecção pela uretra que são indicados pelos médicos urologistas. Os diferentes métodos são recomendados conforme o tamanho da próstata e as características do paciente. Entre as principais opções destacam-se a ressecção transuretral da próstata (RTU). Alguns destes métodos podem exigir que o paciente passe a noite no hospital ou utilize uma sonda durante alguns dias após a cirurgia.

Embolização da próstata:

Uma moderna técnica para o tratamento da próstata aumentada é a embolização. Por meio de um pequeno furinho na artéria do punho ou virilha do paciente, o médico intervencionista consegue adentrar nas artérias que irrigam a próstata e então entupí-las com pequenas partículas de gelatina, ocasionando a redução do tamanho da próstata e consequentemente dos seus sintomas. Nessa técnica costuma-se não ser necessário sonda vesical e o paciente pode retomar as atividades rotineiras no dia seguinte após o procedimento. Clique aqui e saiba mais sobre a embolização e seus benefícios.

Retirada cirúrgica (prostatectomia):

A retirada cirúrgica da próstata (conhecida como prostatectomia) vem sido cada vez menos realizada nos dias atuais, por ser uma técnica mais invasiva ao corpo e com maiores riscos de efeitos adversos. Entretanto, é uma possibilidade nos pacientes que não possuem condições de serem submetidos aos outros processimentos ou, principalmente, quando há a presença de câncer de próstata associado à HPB.

QUAL É O MELHOR TRATAMENTO PRA MIM?

De maneira geral não existe um melhor tratamento único para todos os casos, mas existe sim o tratamento melhor indicado de acordo com a necessidade e angústias de cada paciente. Geralmente o tratamento mais simples e barato envolve medicamentos de uso diário e de fácil acesso, utilizado na maioria dos pacientes como primeiro tratamento quando a próstata ainda não está muito aumentada. 

Porém para pacientes que apresentam efeitos colaterais com os medicamentos, ou então que possuem próstatas um pouco maiores (geralmente cima de 50 gramas) pode ser recomendado um tratamento complementar. Nesses casos as principais técnicas consistem em:

a) ressecção da próstata pelo canal da uretra (RTU).

b) embolização da próstata por acesso intervencionista endovascular.

embolização próstata muito grande

O Portal Dica Médica seleciona profissionais qualificados, certificados e experientes para ajudar os pacientes a fazer a identificação do seu problema e encontrarem o melhor tratamento de forma individualizada. 

Leia outros artigos sobre Próstata Aumentada (HPB)

Esclareça suas dúvidas e encontre o médico mais perto de você. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

7 + sete =