Modalidades da Radiologia Intervencionista

A Radiologia Intervencionista é uma subespecialidade moderna que realiza diagnósticos e tratamentos de diversas condições através de procedimentos minimamente invasivos guiados por imagens. Você sabia que existem diferentes modalidades da radiologia intervencionista para atender cada necessidade do paciente? 

O diferencial desta área é a segurança oferecida, pois como não são realizados cortes, os métodos apresentam um impacto considerável sobre o risco de complicações – comparado com as cirurgias convencionais. 

Como uma alternativa mais segura, as modalidades da radiologia intervencionista utilizam técnicas percutâneas ou endovasculares para tratar diversas condições de maneira precisa e minimamente invasiva, preservando o órgão tratado. É possível atuar em conjunto com diversas especialidades médicas, como oncologia, ginecologia, neurologia, ortopedia, entre outras. 

 

Entenda as diferenças entre abordagens percutâneas e endovasculares

As duas modalidades da radiologia intervencionista são seguras, eficazes e deixam o mínimo de marcas ou cicatrizes no local. A diferença está nas técnicas e vias de acesso para cada procedimento. Entenda:

modalidades da radiologia intervencionista
Intervenção Endovascular
modalidades da radiologia intervencionista
Intervenção Percutânea

Intervenção Percutânea (não vascular): com auxílio de exames de imagem, é feita uma pequena punção pela pele utilizando agulhas e/ou drenos para alcançar os órgãos internos que precisam de tratamento específico;

Intervenção Endovascular (vascular): também tem o auxílio de exames de imagem, mas nesta abordagem a via de acesso são as artérias e/ou as veias. Uma pequena punção é feita em um vaso sanguíneo e então através de uma agulha podem ser passados fios-guias, cateteres, stents, balões, materiais embolizantes, entre outros.

 

 

Procedimentos realizados

Através dessas modalidades da radiologia intervencionista e com auxílio de diferentes métodos de exames de imagem, é possível realizar uma ampla gama de procedimentos, entre eles: 

ENDOVASCULARPERCUTÂNEO
AngiografiasAblação percutânea de rim, fígado, pulmão, nervos, entre outros
Angioplastia de artérias ou veiasBiópsia percutânea de fígado, próstata, pulmão, rim, entre outros
Embolização de aneurismas cerebrais, viscerais, entre outrosBloqueio de nervos
Embolização de artérias prostáticas para tratamento de HPBColangiografia e drenagem biliar
Embolização de artérias uterinas para tratamento de miomas uterinos e/ou adenomioseDrenagem de coleções
Embolização de hemorragias digestivas, urinárias, torácicas, ginecológicasEscleroterapia de cistos no fígado, rim, entre outros
Embolização de tumores benignos ou malignosImplante de duplo J e nefrostomia
Embolização de veia portaInfiltrações articulares
Quimioembolização de tumores malignosMarcação pré-operatória ou pré-radioterapia de tumores
TIPS Neurólises

Cada procedimento intervencionista tem objetivo e uma técnica específica para o seu tratamento, de forma independente ou complementar a outras terapias, o que promove, inclusive, inovações no campo da saúde.

Continue acompanhando o Portal Dica Médica para saber mais sobre a medicina intervencionista e siga-nos também pelo Instagram e Facebook. Conte com a gente!

Esclareça suas dúvidas ou agende uma consulta com um médico especialista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esclareça suas dúvidas ou agende uma consulta com um médico especialista

Favor preencher os seus dados